<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=788090214588827&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Os mantras da meditação são alguns dos mantras mais espiritualmente-orientados de todos os mantras existentes.

Ouvir música, manter o foco na respiração ou num objeto, são algumas formas de alterar o nosso estado de consciência. Mas existe algo único e quase místico sobre o som da tua própria voz quando esta repete um mantra de meditação

A palavra “mantra” significa “palavra” em Hinduísmo. Alguns mestres espirituais ou de meditação tendem a insistir que só podem ser utilizadas algumas palavras específicas quando fazemos meditação e para alcançar um nível de iluminação. Mas isto não poderia estar mais errado.

Não há necessidade de usarmos palavras hindus ou palavras noutro idioma para nós completamente desconhecido se elas não nos fazem sentir confortáveis. Muitos conceitos são perdidos na tradução, então por que haveríamos de usar uma palavra que temos dificuldade em pronunciar ou que nem sequer compreendemos? Para quê utilizar uma palavra com a qual não sentimos qualquer conexão ou proximidade?

Só porque queres meditar não significa que deves assumir as práticas espirituais ou religiosas dos outros.

Meditação é uma jornada que vem de DENTRO. E só tu tens a posse da chave perfeita que destranca a porta nesse novo reino. Por isso, sente-te livre para usar qualquer palavra ou palavras. Importante é que estas façam sentido para ti. Se as sentes verdadeiramente no teu coração e na tua mente quando as pronúncias, se elas têm o poder de te ajudar a alterar o teu estado de consciência, elas são as palavras certas para ti.

Existem algumas palavras que, pela sua própria natureza, possuem uma vibração energética mais elevada do que outras e essas são algumas que podes utilizar quando meditas.

Faz este exercício muito simples: diz a palavra "raiva" e presta atenção à forma como o teu corpo se sente. Repete a palavra vinte vezes e sente como teu corpo reage. Vais surpreender-te! Vais começar a sentir um mal-estar geral quando repetires essa palavra. Agora repete a palavra “amor”. Repete-a vezes sem conta. Consegues perceber como o teu corpo reage e se sente? Consegues entender agora o impacto que as palavras têm em nós e no nosso bem-estar?

Não precisas repetir mantras complicados se não o quiseres fazer. A repetição de uma única e poderosa palavra pode ser verdadeiramente transformadora, acalmando a tua mente enquanto te focas numa só palavra, criando um estado de alteração de consciência e todo um ambiente energético absolutamente positivo.

A verdade é que tu podes criar os teus próprios mantras, os que fazem realmente sentido para ti. Utiliza as seguintes palavras de forma isolada ou combinada.

“Om”

Om é o mantra mais utilizada e também o mais sagrado. É uma palavra sânscrita (língua ancestral do Nepal e da Índia), e está destinada a transmitir a “vibração original da manifestação”, ou seja, quando a tua verdadeira intenção se manifesta no reino físico.

É uma palavra suave e pode ser usada por qualquer pessoa, seja qual for a sua crença ou religião. Quando disseres esta palavra, dá-lhe liberdade para permanecer na tua garganta enquanto vibra. Vais sentir o teu corpo a vibrar também.

“Amor”

Tal como te mostramos mais acima neste texto, dizer “amor” repetidamente enquanto nos concentramos nesse mesmo sentimento, cria uma atmosfera de amor e positividade muito poderosa. Mesmo que não te sintas bem, vais sentir-te a ser invadido por este sentimento.

“Eu sou”

“Eu sou” é o mantra de manifestação mais poderoso que existe. Se disseres “Eu estou doente”, como é que te sentes? E quando dizes “Eu sou feliz”, como te sentes?

Utiliza este mantra nas tuas meditações de forma positiva. Pensa no que queres ser, como te queres sentir e repete-o. Podes também incluir afirmações positivas enquanto meditas. Vai ajudar a colorir o quadro da vida que desejas ter. Por exemplo, “Eu tenho sucesso!” ou “Eu sou Feliz”. Assim estás a atrair a vida que sonhas para ti.

Usar os Mantras na Meditação

Os mantras podem ser utilizados para o que quiseres. Seja para fazer meditação, para silenciar e acalmar a tua mente ou para alcançar um objetivo.

Usar mantras na meditação ajuda a tua mente a silenciar-se e a relaxar o teu cérebro. Fecha os olhos num local onde te sintas confortável e repete os teus mantras. Repetição e consistência são o segredo para alcançar qualquer coisa que queiras para a tua vida. Mesmo quando sentes que a tua mente quer tomar o controlo, não desistas. Continua e persiste, pois só assim vais conseguir alcançar o sucesso.

Utilizar mantras para atingir objetivos é uma técnica verdadeiramente eficaz. Quanto estás relaxado, tendes a resistir menos. Então, visualiza livremente os teus objetivos e repete os teus mantras “eu sou”. A repetição ajuda a que o mantra fique gravado no teu inconsciente e acaba por dissolver a resistência interna que possa sentir. Que resistências internas são estas? Por exemplo, “Eu não sou capaz” ou “Eu não sou bom o suficiente”, ou  “Vou falhar assim que começar”, por exemplo. Ao repetires estes mantras, estas a criar uma força imbatível em ti que vai ajudar a destruir completamente as tuas crenças negativas e limitadoras.

Que mantra vais utilizar na tua próxima meditação? Partilha connosco nos comentários.

---

Queres aprender mais sobre o poder dos Mantras? Descobre porque os sons mântricos são o melhor instrumento para purificar a mente e o coração e praticar a reflexão sobre si mesmo nesta Masterclass gratuita abaixo:

BannerFB_Mantra3